ÚLTIMAS POSTAGENS

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

LUTO


A Edilene Maris, Gustavo e Luis Augusto


Luto pela dor da tragédia,
sempre anunciada,
na rodovia da morte,
pelo descaso das autoridades


Luto pela humana irracionalidade
da louca corrida, da alta velocidade


Luto pela fatalidade
do irmão ferido,
do filho morto,
do companheiro vencido

Luto pela vida das crianças,
dos nossos filhos da classe trabalhadora
pela sua docilidade

Luto pela vida dos que não conheci,
arrancada com brutalidade,
na qual me reconheci

Luto pela esperança,
para vê-la renascer no sofrimento
da luta por uma  justa sociedade

Luto, e continuarei lutando
Com força e serenidade.
De luto. 

3 comentários:

  1. Lindo texto!
    Estava na viagem e me emocionei muito com suas palavras...
    Fica a saudade, ficam as lições, e a luta continua!


    (Há)braços de luta!

    ResponderExcluir
  2. Complexo né... podia ser qq um de nós.

    ResponderExcluir