ÚLTIMAS POSTAGENS

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

INVERNO


Há tanto a se dizer:
o poema não vai caber
Espere o porvir,
há brotos, a florir

Nenhum comentário:

Postar um comentário